Nintendo Milenar

Putz. Acabei de descobrir que a Nintendo foi fundada em 1899 (!!!!!). Claro, na época não fabricavam consoles de games, mas baralhos e coleções de cards. Bizarro, não sabia que era uma empresa tão antiga assim.

E que, aliás, está a perigo, coitada. Não corre o risco imediato de acabar, longe disso. Mas seu GameCube é o menos vendido na guerra dos consoles, perdendo para o Xbox, da Microsoft, e para o Playstation 2, da Sony (este é o que vende mais, disparado). Chegaram a pensar em desistir dos consoles e passar a fabricar apenas os jogos, como fez a Sega, que abandonou o seu Dreamcast. Mas parece que as vendas em 2003 foram um pouco mais animadoras.

A Nintendo não tem um catálogo tão variado em termos de gêneros e tipos de games como o Playstation, por exemplo, mas é a melhor naquilo que faz: jogos para toda a família e com interfaces geniais, como a série Super Mario (aquele que te comeu atrás do Super Armario).

Putz. Acabei de descobrir que a Nintendo foi fundada em 1899 (!!!!!). Claro, na época não fabricavam consoles de games, mas baralhos e coleções de cards. Bizarro, não sabia que era uma empresa tão antiga assim.

E que, aliás, está a perigo, coitada. Não corre o risco imediato de acabar, longe disso. Mas seu GameCube é o menos vendido na guerra dos consoles, perdendo para o Xbox, da Microsoft, e para o Playstation 2, da Sony (este é o que vende mais, disparado). Chegaram a pensar em desistir dos consoles e passar a fabricar apenas os jogos, como fez a Sega, que abandonou o seu Dreamcast. Mas parece que as vendas em 2003 foram um pouco mais animadoras.

A Nintendo não tem um catálogo tão variado em termos de gêneros e tipos de games como o Playstation, por exemplo, mas é a melhor naquilo que faz: jogos para toda a família e com interfaces geniais, como a série Super Mario (aquele que te comeu atrás do Super Armario).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *