Estrela Negra

Esqueça o black-out nos EUA! O universo está se apagando, dizem os astrônomos. Sim, as estrelas estão parando de brilhar.

Pesquisadores escoceses afirmam que a taxa de formação de estrelas vem diminuindo ( o apogeu foi há 6 bilhões de anos, quando surgiu o nosso Sol). A equipe de cientistas analisou estrelas de 40 mil galáxias e checou à conclusão de que o número de estrelas vem caindo.

Mas não há motivo para pânico. O número de estrelas ainda é maior que o de grãos de areia na Terra. Mudanças dessa ordem só aconteceriam em milhares de milhões de anos. Os astrônomos garantem: “O universo continuará para sempre. Até onde sabemos, porém, uma hora todas as estrelas sumirão e ele se tornará um lugar muito frio e escuro”.

Mais aqui.

Esqueça o black-out nos EUA! O universo está se apagando, dizem os astrônomos. Sim, as estrelas estão parando de brilhar.

Pesquisadores escoceses afirmam que a taxa de formação de estrelas vem diminuindo ( o apogeu foi há 6 bilhões de anos, quando surgiu o nosso Sol). A equipe de cientistas analisou estrelas de 40 mil galáxias e checou à conclusão de que o número de estrelas vem caindo.

Mas não há motivo para pânico. O número de estrelas ainda é maior que o de grãos de areia na Terra. Mudanças dessa ordem só aconteceriam em milhares de milhões de anos. Os astrônomos garantem: “O universo continuará para sempre. Até onde sabemos, porém, uma hora todas as estrelas sumirão e ele se tornará um lugar muito frio e escuro”.

Mais aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *