Argos Encerrado

Ah, as votações para o Prêmio Argos 2003 foram encerradas. A lista de finalistas foi divulgada e, para minha surpresa e alegria, as finalistas são três mulheres!! Sensacional.
As três finalistas são Marcia Kupstas (“Gepetto”), a portuguesa Maria de Menezes (“Boas-Vindas”) e Carla Cristina Pereira (“Uma Certa Capitã Rodriguez”). Parabéns para as meninas e nada mal para um gênero tradicionalmente visto como nerd e “de homem”, como a ficção científica. Parabéns também ao Gerson Lodi-Ribeiro, do CLFC, que organizou o prêmio.

Meu conto O Rabo da Serpente não fez feio: abocanhou um sexto lugar, com 41 pontos. Ficou na frente de trabalhos de gente cascuda e tradicional da FC nacional e, de novo, nada mal para um estreante que concorreu pela primeira vez ao Argos. Obrigado a todo mundo que se deu ao trabalho de mandar um e-mail votando no meu conto. Valeu!

Na outra premiação, a de Melhor Publicação, o site Hyperfan (para o qual escrevo regularmente as séries The Clash e Blood) emplacou um excelente quinto lugar, com 62 pontos. Parabéns ao Otávio Niewinski, meu amigo e editor do Hyperfan. O site ficou na frente de figuras fáceis da FC nacional e fez bonito, apesar do preconceito de inúmeros membros do “fandom” (ah, ah) nacional de FC contra os fanfics.

Na mesma categoria, o site Intempol, do meu amigo, escritor e designer Octavio Aragão ficou entre os três primeiros lugares!!!! Parabéns ao Octavio (o site da Intempol é onde foi publicado O Rabo da Serpente, meu conto). Fica aqui a torcida para que a Intempol (única iniciativa decente de FC nacional nos últimos anos) emplaque um merecido primeiro lugar.

A lista completa de colocação nos prêmios de Melhor Ficção e Melhor Publicação de FC de 2002 segue aí embaixo (os números em parênteses indicam quantas vezes o conto ou publicação foi votado em primeiro lugar na lista do eleitor):

Melhor Ficção
Finalistas:
“Gepetto” [Marcia Kupstas];
“Boas-Vindas” [Maria de Menezes];
“Uma Certa Capitã Rodriguez” [Carla Cristina Pereira].

4º “Quatro Milhões de Lolitas” – João Barreiros – 59 pts [1(1º)]
5º “A Marca da Besta” – Octavio Aragão – 45 pts
6º “O Rabo da Serpente” – Alexandre Mandarino – 41 pts [6(1º)]
7º “O Planeta dos Mortos” – Carlos Orsi Martinho – 41 pts [3(1º)]
8º “Dainara” – Adriana Simon – 40 pts
9º “Paixão Segundo S.H.” – Fábio Fernandes – 36 pts [2(1º)+2(2º)]
10º “A Macabra Morte de McMurdock – Carlos Orsi Martinho – 36 pts [2(1º)+1(2º)]
11º “Não Estamos Divertidos” – João Barreiros – 34 pts
12º “Meu Nome é Go” – André Carneiro – 30 pts
13º “O Anjo da Morte” – Gian Danton – 26 pts
14º *O Camarada O’Brien* – Roberval Barcellos – 25 pts
15º “Os Três Reis Magos” – Ernesto Nakamura – 22 pts
16º “Pequenos Prazeres Inconfessáveis” – Luís Filipe Silva – 21pts [1(1º)+1(2º)]
17º “A Ameaça do Contínuo” – Luiz Felipe Vasquez – 21 pts [2(2º)]
18º “Seres Inorgânicos” – Lúcio Manfredi – 20 pts [2(2º)+2(3º)+2(4º)]
19º “A Última Tentação de Giacomo Casanova” – Ernesto Nakamura – 20pts [2(2º)+2(3º)+1(4º)]
20º “Prezada Unidade EF-5000” – Marta Rolim – 17 pts [2(1º)]
21º “Estigma da Morte Anunciada – Carla Cristina Pereira – 17 pts [1(1º)]
22º “Os Pelegos” – Paulo Elache – 16 pts [1(1º)+1(2º)]
23º “A Mulher” – Roberto de Sousa Causo – 16 pts [1(2º)]
24º “O Grande Concerto” – Fábio Fernandes – 15 pts
25º “Mars TV” – Gabriel Bozano – 14 pts
26º “O Cabeça da Lista” – Simone Saueressig – 12 pts [1(2º)+2(3º)]
27º “Uma Bem Quente” – Ataíde Tartari – 12 pts [1(2º)+1(3º)]
28º “A Sombra” – Simone Saueressig – 11 pts
29º “Adão Tinha um Irmão” – Rogério Amaral de Vasconcellos – 9 pts [1(2º)+2(4º)]
30º “Sepulturas na Eternidade” – Rogério Amaral de Vasconcellos – 9 pts [1(2º)+2(4º)]
31º “No Vento Frio de Tharsis” – Jorge Candeias – 8 pts
32º “Por Ti Cresceria” – Lúcio Manfredi – 7 pts
33º “The Schroendinger Show” – Carlos Orsi Martinho – 6 pts [1(2º)+1(5º)]
34º “Um Homem à Espera” – Simone Saueressig – 6 pts [1(3º)+1(4º)+1(5º)]
35º *Sally* – Jorge Candeias – 5 pts [1(2º)]
36º “Fogo” – Miguel Carqueija – 5 pts [1(3º)+2(5º)]
37º “A Tecelã” – Georgiana Calimeris – 4 pts [1(3º)+1(5º)]
38º “@OMelhorContodaTerra@” – Gabriel Bozano – 4 pts [1(3º)+1(5º)]
39º “Uma Tela em Branco” – Georgiana Calimeris – 1 pto.

Melhor Publicação:
Finalistas:
Intempol o Site [Cláudio Figueiredo & Octavio Aragão];
Megalon (fanzine) [Marcello Simão Branco];
E-Nigma (e-zine) [Jorge Candeias].

4º Scarium (fanzine) – Marcos Bourgingnon & Rogério Amaral de Vasconcellos – 83 pts
5º Hyperfan (e-zine) – Otávio Niewinski – 62 pts
6º Quadrim (e-zine) – Rodrigo Zago – 60 pts
7º Hiperespaço (fanzine) – César Ricardo Tomaz da Silva – 58 pts
8º Play (revista) – André Forrastieri & Rogério de Campos – 57 pts
9º Escritório Noturno (e-zine) – Hector Lima – 46 pts
10º Na Toca do Hobbit (site) – Sílvia Rodrigues – 43 pts
11º Juvenatrix (fanzine) – Renato Rosatti – 30 pts
12º Tecnofantasia (e-zine) – Luís Filipe Silva – 26 pts
13º Notícias… Do Fim do Nada (fanzine) – Ruby Felisbino Medeiros – 23 pts
14º Papêra Uirandê Especial (fanzine) – Roberto de Sousa Causo – 21 pts
15º Brief News (fanzine) – Alexis B. Lemos – 6 pts
16º Desmodus Rotundus (fanzine) – Edmilson Correa – 3 pts
17º Hipertexto (fanzine) – Carlos André Mores – 2 pts

Os vencedores, escolhidos entre os três finalistas de cada categoria, serão conhecidos no dia 12 de setembro, na cerimônia de entrega do prêmio Argos.

Mais uma vez, obrigado a quem votou em O Rabo da Serpente. Esta colocação realmente me surpreendeu, eu não esperava estar entre os seis primeiros em meio a tanta gente veterana da FC nacional. Ponto para a cultura pop!

Ah, as votações para o Prêmio Argos 2003 foram encerradas. A lista de finalistas foi divulgada e, para minha surpresa e alegria, as finalistas são três mulheres!! Sensacional.
As três finalistas são Marcia Kupstas (“Gepetto”), a portuguesa Maria de Menezes (“Boas-Vindas”) e Carla Cristina Pereira (“Uma Certa Capitã Rodriguez”). Parabéns para as meninas e nada mal para um gênero tradicionalmente visto como nerd e “de homem”, como a ficção científica. Parabéns também ao Gerson Lodi-Ribeiro, do CLFC, que organizou o prêmio.

Meu conto O Rabo da Serpente não fez feio: abocanhou um sexto lugar, com 41 pontos. Ficou na frente de trabalhos de gente cascuda e tradicional da FC nacional e, de novo, nada mal para um estreante que concorreu pela primeira vez ao Argos. Obrigado a todo mundo que se deu ao trabalho de mandar um e-mail votando no meu conto. Valeu!

Na outra premiação, a de Melhor Publicação, o site Hyperfan (para o qual escrevo regularmente as séries The Clash e Blood) emplacou um excelente quinto lugar, com 62 pontos. Parabéns ao Otávio Niewinski, meu amigo e editor do Hyperfan. O site ficou na frente de figuras fáceis da FC nacional e fez bonito, apesar do preconceito de inúmeros membros do “fandom” (ah, ah) nacional de FC contra os fanfics.

Na mesma categoria, o site Intempol, do meu amigo, escritor e designer Octavio Aragão ficou entre os três primeiros lugares!!!! Parabéns ao Octavio (o site da Intempol é onde foi publicado O Rabo da Serpente, meu conto). Fica aqui a torcida para que a Intempol (única iniciativa decente de FC nacional nos últimos anos) emplaque um merecido primeiro lugar.

A lista completa de colocação nos prêmios de Melhor Ficção e Melhor Publicação de FC de 2002 segue aí embaixo (os números em parênteses indicam quantas vezes o conto ou publicação foi votado em primeiro lugar na lista do eleitor):

Melhor Ficção
Finalistas:
“Gepetto” [Marcia Kupstas];
“Boas-Vindas” [Maria de Menezes];
“Uma Certa Capitã Rodriguez” [Carla Cristina Pereira].

4º “Quatro Milhões de Lolitas” – João Barreiros – 59 pts [1(1º)]
5º “A Marca da Besta” – Octavio Aragão – 45 pts
6º “O Rabo da Serpente” – Alexandre Mandarino – 41 pts [6(1º)]
7º “O Planeta dos Mortos” – Carlos Orsi Martinho – 41 pts [3(1º)]
8º “Dainara” – Adriana Simon – 40 pts
9º “Paixão Segundo S.H.” – Fábio Fernandes – 36 pts [2(1º)+2(2º)]
10º “A Macabra Morte de McMurdock – Carlos Orsi Martinho – 36 pts [2(1º)+1(2º)]
11º “Não Estamos Divertidos” – João Barreiros – 34 pts
12º “Meu Nome é Go” – André Carneiro – 30 pts
13º “O Anjo da Morte” – Gian Danton – 26 pts
14º *O Camarada O’Brien* – Roberval Barcellos – 25 pts
15º “Os Três Reis Magos” – Ernesto Nakamura – 22 pts
16º “Pequenos Prazeres Inconfessáveis” – Luís Filipe Silva – 21pts [1(1º)+1(2º)]
17º “A Ameaça do Contínuo” – Luiz Felipe Vasquez – 21 pts [2(2º)]
18º “Seres Inorgânicos” – Lúcio Manfredi – 20 pts [2(2º)+2(3º)+2(4º)]
19º “A Última Tentação de Giacomo Casanova” – Ernesto Nakamura – 20pts [2(2º)+2(3º)+1(4º)]
20º “Prezada Unidade EF-5000” – Marta Rolim – 17 pts [2(1º)]
21º “Estigma da Morte Anunciada – Carla Cristina Pereira – 17 pts [1(1º)]
22º “Os Pelegos” – Paulo Elache – 16 pts [1(1º)+1(2º)]
23º “A Mulher” – Roberto de Sousa Causo – 16 pts [1(2º)]
24º “O Grande Concerto” – Fábio Fernandes – 15 pts
25º “Mars TV” – Gabriel Bozano – 14 pts
26º “O Cabeça da Lista” – Simone Saueressig – 12 pts [1(2º)+2(3º)]
27º “Uma Bem Quente” – Ataíde Tartari – 12 pts [1(2º)+1(3º)]
28º “A Sombra” – Simone Saueressig – 11 pts
29º “Adão Tinha um Irmão” – Rogério Amaral de Vasconcellos – 9 pts [1(2º)+2(4º)]
30º “Sepulturas na Eternidade” – Rogério Amaral de Vasconcellos – 9 pts [1(2º)+2(4º)]
31º “No Vento Frio de Tharsis” – Jorge Candeias – 8 pts
32º “Por Ti Cresceria” – Lúcio Manfredi – 7 pts
33º “The Schroendinger Show” – Carlos Orsi Martinho – 6 pts [1(2º)+1(5º)]
34º “Um Homem à Espera” – Simone Saueressig – 6 pts [1(3º)+1(4º)+1(5º)]
35º *Sally* – Jorge Candeias – 5 pts [1(2º)]
36º “Fogo” – Miguel Carqueija – 5 pts [1(3º)+2(5º)]
37º “A Tecelã” – Georgiana Calimeris – 4 pts [1(3º)+1(5º)]
38º “@OMelhorContodaTerra@” – Gabriel Bozano – 4 pts [1(3º)+1(5º)]
39º “Uma Tela em Branco” – Georgiana Calimeris – 1 pto.

Melhor Publicação:
Finalistas:
Intempol o Site [Cláudio Figueiredo & Octavio Aragão];
Megalon (fanzine) [Marcello Simão Branco];
E-Nigma (e-zine) [Jorge Candeias].

4º Scarium (fanzine) – Marcos Bourgingnon & Rogério Amaral de Vasconcellos – 83 pts
5º Hyperfan (e-zine) – Otávio Niewinski – 62 pts
6º Quadrim (e-zine) – Rodrigo Zago – 60 pts
7º Hiperespaço (fanzine) – César Ricardo Tomaz da Silva – 58 pts
8º Play (revista) – André Forrastieri & Rogério de Campos – 57 pts
9º Escritório Noturno (e-zine) – Hector Lima – 46 pts
10º Na Toca do Hobbit (site) – Sílvia Rodrigues – 43 pts
11º Juvenatrix (fanzine) – Renato Rosatti – 30 pts
12º Tecnofantasia (e-zine) – Luís Filipe Silva – 26 pts
13º Notícias… Do Fim do Nada (fanzine) – Ruby Felisbino Medeiros – 23 pts
14º Papêra Uirandê Especial (fanzine) – Roberto de Sousa Causo – 21 pts
15º Brief News (fanzine) – Alexis B. Lemos – 6 pts
16º Desmodus Rotundus (fanzine) – Edmilson Correa – 3 pts
17º Hipertexto (fanzine) – Carlos André Mores – 2 pts

Os vencedores, escolhidos entre os três finalistas de cada categoria, serão conhecidos no dia 12 de setembro, na cerimônia de entrega do prêmio Argos.

Mais uma vez, obrigado a quem votou em O Rabo da Serpente. Esta colocação realmente me surpreendeu, eu não esperava estar entre os seis primeiros em meio a tanta gente veterana da FC nacional. Ponto para a cultura pop!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *