Mais Novidades da Siggraph

Todo ano, a feira conta com uma parte chamada Electronic Theatre, voltada para animações em CGI. Mas esse ano aconteceu uma ótima coisa: os desenhos foram mais artísticos do que técnicos. Há quem acredite que isto se deva ao fato dos programas de animações em 3D terem ficado mais acessíveis e baratos, com os computadores tendo maior poder de processamento. Isso abriu o leque para estúdios pequenos e artistas que nem saíram da escola de artes ainda. Se, na última edição, as animações foram tomadas pelos grandes estúdios, que atulharam o Electronic Theatre de animações em 3D com explosões e coisas igualmente espetaculares (mas puramente técnicas), este ano a feira mostrou um (incrível, pelos relatos) curta sobre o escultor italiano Alberto Giacometti que, em seu leito de morte, vê suas esculturas se voltarem para observá-lo, em um último adeus.
Outros destaques foram desenhos que mostram um esquilo, em plena queda livre, tentando recolher várias nozes no ar, e uma cadeia de DNA que reproduzia ácido nucleico em tempo real. Muitos dos novos artistas utilizaram programas mais baratos, como Photoshop e Maya.
Mas os grandes estúdios também estiveram presentes na lista de 28 animações CGI, mostrando criações como Gollum, Hulk e Arnold Schwarzennegger. Mais detalhes aqui.

Todo ano, a feira conta com uma parte chamada Electronic Theatre, voltada para animações em CGI. Mas esse ano aconteceu uma ótima coisa: os desenhos foram mais artísticos do que técnicos. Há quem acredite que isto se deva ao fato dos programas de animações em 3D terem ficado mais acessíveis e baratos, com os computadores tendo maior poder de processamento. Isso abriu o leque para estúdios pequenos e artistas que nem saíram da escola de artes ainda. Se, na última edição, as animações foram tomadas pelos grandes estúdios, que atulharam o Electronic Theatre de animações em 3D com explosões e coisas igualmente espetaculares (mas puramente técnicas), este ano a feira mostrou um (incrível, pelos relatos) curta sobre o escultor italiano Alberto Giacometti que, em seu leito de morte, vê suas esculturas se voltarem para observá-lo, em um último adeus.
Outros destaques foram desenhos que mostram um esquilo, em plena queda livre, tentando recolher várias nozes no ar, e uma cadeia de DNA que reproduzia ácido nucleico em tempo real. Muitos dos novos artistas utilizaram programas mais baratos, como Photoshop e Maya.
Mas os grandes estúdios também estiveram presentes na lista de 28 animações CGI, mostrando criações como Gollum, Hulk e Arnold Schwarzennegger. Mais detalhes aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *