Novas Entrevistas no Senhor do Caos

Sensacionais novas entrevistas no sempre ótimo site do José Carlos Neves, o Alan Moore – Senhor do Caos.
Entre os destaques, temos entrevistas com:

Martha Argel, a “escritora dos vampiros”.
É uma bióloga paulista que tá conseguindo um bom público de leitores adolescentes com livros sobre vampiros. Não sei se são legais, mas o fato é que ela tá conseguindo vender bem mesmo sem nenhuma divulgação da editora (ela reclama disso), a Writers. A entrevista me deu umas idéias para algumas coisas futuras.

Rudy Rucker
.
Esse cara é sensacional. Rudy Rucker é um escritor de FC, da geração cyberpunk dos anos 80, ao lado de William Gibson, etc. Mas na entrevista descobri que ele também é programador. As comparações que ele faz entre escrever um livro e escrever um programa são ótimas e me fizeram pensar. Ele também fala sobre games e é bem versátil (um dos livros dele é um romance
histórico sobre o Brueghel, que parece ótimo). Rucker é a maior maluquice cyber-renascentista.

David J
David J., do Bauhaus / Love and Rockets, que eu descobri que é amigo do Alan Moore desde 1976. Leiam essa entrevista que ela tem uma coisa (com direito a foto) MUITO assustadora. Nem vou falar o que é pra não perder a graça. O David J fala muito sobre o Alan Moore (descobri que o Moore é completamente cego de um olho, por exemplo, desde um acidente de infância). O J parece ser gente fina.

Erik Davis
Sujeito maravilhosamente insano, que fala coisas geniais sobre gnose, magia e mitos na sociedade tecnológica. Fantasma na Máquina e Technocculture na veia.

Além dessas, tem entrevistas bacanas com sujeitos legais como Hillary Barta (desenhou coisas do Moore para a ABC) e Todd Klein (letrista veterano da Vertigo, que letreirou o Monstro do Pântano do Moore desde a segunda história, em 1983). O site do Neves está ótimo.

Sensacionais novas entrevistas no sempre ótimo site do José Carlos Neves, o Alan Moore – Senhor do Caos.
Entre os destaques, temos entrevistas com:

Martha Argel, a “escritora dos vampiros”.
É uma bióloga paulista que tá conseguindo um bom público de leitores adolescentes com livros sobre vampiros. Não sei se são legais, mas o fato é que ela tá conseguindo vender bem mesmo sem nenhuma divulgação da editora (ela reclama disso), a Writers. A entrevista me deu umas idéias para algumas coisas futuras.

Rudy Rucker
.
Esse cara é sensacional. Rudy Rucker é um escritor de FC, da geração cyberpunk dos anos 80, ao lado de William Gibson, etc. Mas na entrevista descobri que ele também é programador. As comparações que ele faz entre escrever um livro e escrever um programa são ótimas e me fizeram pensar. Ele também fala sobre games e é bem versátil (um dos livros dele é um romance
histórico sobre o Brueghel, que parece ótimo). Rucker é a maior maluquice cyber-renascentista.

David J
David J., do Bauhaus / Love and Rockets, que eu descobri que é amigo do Alan Moore desde 1976. Leiam essa entrevista que ela tem uma coisa (com direito a foto) MUITO assustadora. Nem vou falar o que é pra não perder a graça. O David J fala muito sobre o Alan Moore (descobri que o Moore é completamente cego de um olho, por exemplo, desde um acidente de infância). O J parece ser gente fina.

Erik Davis
Sujeito maravilhosamente insano, que fala coisas geniais sobre gnose, magia e mitos na sociedade tecnológica. Fantasma na Máquina e Technocculture na veia.

Além dessas, tem entrevistas bacanas com sujeitos legais como Hillary Barta (desenhou coisas do Moore para a ABC) e Todd Klein (letrista veterano da Vertigo, que letreirou o Monstro do Pântano do Moore desde a segunda história, em 1983). O site do Neves está ótimo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *