Droga da Amnésia

Mimetizando o que acontecia no filme Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembrança (que eu acho bem mais ou menos, em contraste com a maioria das pessoas que parece adorar o treco), um estudo indica que a droga propanolol teria capacidades de apagar as memórias ruins e traumáticas, em uma amnésia parcial induzida com finalidade terapêutica. Caminhamos para um futuro em que nossas reações biológicas estão cada vez mais maquinais, semelhantes a botões de on/off, graças a coisas como Viagra, Prozac, a tal pílula antibarriga e agora essa. Será curioso saber como esta relativa facilidade em se livrar de problemas vai alterar a forma como encaramos estes problemas e a sociedade como um todo.

Mimetizando o que acontecia no filme Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembrança (que eu acho bem mais ou menos, em contraste com a maioria das pessoas que parece adorar o treco), um estudo indica que a droga propanolol teria capacidades de apagar as memórias ruins e traumáticas, em uma amnésia parcial induzida com finalidade terapêutica. Caminhamos para um futuro em que nossas reações biológicas estão cada vez mais maquinais, semelhantes a botões de on/off, graças a coisas como Viagra, Prozac, a tal pílula antibarriga e agora essa. Será curioso saber como esta relativa facilidade em se livrar de problemas vai alterar a forma como encaramos estes problemas e a sociedade como um todo.

2 pensamentos em “Droga da Amnésia”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *