October 16, 2017 at 10:21PM

É engraçado que os conservadores brasileiros parecem estar agindo como os macarthistas americanos dos anos 50. Estão com um medo anticomunista irreal, enxergando perigo vermelho numa sociedade onde não existem comunistas. Ou seja, demoraram mais de 60 anos para reagir ao macarthismo.
Isso me faz pensar: se as reações do brasileiro aos acontecimentos externos forem mesmo sempre tão lentas, então o golpe militar de 64 não foi um reflexo do anticomunismo cinquentista, mas sim um pavor motivado pela Revolução Russa lá de 1917 ainda. Por essa lógica, a esquerda brasileira só vai fazer a autocrítica que levou à queda do Muro de Berlim em 2040.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *