Nice ass

Cientista obtém a equação matemática que representa a bunda feminina perfeita. A fórmula mágica é (S+C) x (B+F)/T = V, onde S é a forma genérica da bunda, C representa o quão esférica ela é, B mede a flutuação muscular, F fica responsável pela firmeza, V é o rádio entre as extremidades ou a simetria da bunda, enquanto T mede a textura da pele e presença de celulite.

Cientista obtém a equação matemática que representa a bunda feminina perfeita. A fórmula mágica é (S+C) x (B+F)/T = V, onde S é a forma genérica da bunda, C representa o quão esférica ela é, B mede a flutuação muscular, F fica responsável pela firmeza, V é o rádio entre as extremidades ou a simetria da bunda, enquanto T mede a textura da pele e presença de celulite.

Li(f)e

Enquanto apenas duas semanas da sua vida serão gastas beijando, seis meses serão utilizados no banho. Tendemos a gastar quase três anos fazendo fofocas sobre as 16 horas de orgasmos que aproveitamos.

(Estatísticos alemães divulgam os resultados de uma pesquisa que examinou a proporção que cada coisa toma em nossas vidas; tirado do Guardian).

Enquanto apenas duas semanas da sua vida serão gastas beijando, seis meses serão utilizados no banho. Tendemos a gastar quase três anos fazendo fofocas sobre as 16 horas de orgasmos que aproveitamos.

(Estatísticos alemães divulgam os resultados de uma pesquisa que examinou a proporção que cada coisa toma em nossas vidas; tirado do Guardian).

Bi-Caralho

“Eu tenho dois paus, mas nenhuma mulher; espero que ela volte assim que eu me livrar de um dos paus”.

O motoqueiro alemão Michael Gruber, 40 anos, admitindo que sua decisão de implantar cirurgicamente um segundo pênis saiu pela culatra (no documentário da TV alemã ‘The Last Penis Operation’).

“Eu tenho dois paus, mas nenhuma mulher; espero que ela volte assim que eu me livrar de um dos paus”.

O motoqueiro alemão Michael Gruber, 40 anos, admitindo que sua decisão de implantar cirurgicamente um segundo pênis saiu pela culatra (no documentário da TV alemã ‘The Last Penis Operation’).

Alfa-beta-gama

Image hosted by Photobucket.com

Esta é a letra “a” no alfabeto “letters of desire”, criado pela artista Yuko Shimizu. Clique aqui para visitar o site dela, onde está o resto do alfabeto, além de ilustrações, pinturas, quadrinhos e outras coisas.

Image hosted by Photobucket.com

Esta é a letra “a” no alfabeto “letters of desire”, criado pela artista Yuko Shimizu. Clique aqui para visitar o site dela, onde está o resto do alfabeto, além de ilustrações, pinturas, quadrinhos e outras coisas.

Sexo Digital

E cliquem aqui para conferir os inacreditáveis vibradores de dedo.

E cliquem aqui para conferir os inacreditáveis vibradores de dedo.

Sexo e Calorias

Sexo “vigoroso” pode queimar calorias em um ritmo bem legal: 90 calorias por hora para as mulheres e 120 calorias por hora para os homens, segundo os caras da Passonaid, empresa voltada para relacionamentos e que recomenda uma boa dose de sexo ao invés de “chatíssimos programas de dieta”.

Isso aí, vamos fazer as belugas americanas ficarem mais fininhas. Land of the freak, home of the bribe.

Sexo “vigoroso” pode queimar calorias em um ritmo bem legal: 90 calorias por hora para as mulheres e 120 calorias por hora para os homens, segundo os caras da Passonaid, empresa voltada para relacionamentos e que recomenda uma boa dose de sexo ao invés de “chatíssimos programas de dieta”.

Isso aí, vamos fazer as belugas americanas ficarem mais fininhas. Land of the freak, home of the bribe.

Paixão e Speed

“Os efeitos do primeiro estágio de um relacionamento, o estágio da luxúria, provoca as mesmas respostas cerebrais que o uso de cocaína ou speed. É realmente uma droga natural”.
O médico inglês Dr. John Marsden, especialista em drogas, garante que ficar apaixonado é como viajar (no London Standard).

É, e meses depois, a inevitável bad trip.

“Os efeitos do primeiro estágio de um relacionamento, o estágio da luxúria, provoca as mesmas respostas cerebrais que o uso de cocaína ou speed. É realmente uma droga natural”.
O médico inglês Dr. John Marsden, especialista em drogas, garante que ficar apaixonado é como viajar (no London Standard).

É, e meses depois, a inevitável bad trip.

Vovó Escroto

Não consegue encontrar o clitóris da sua namorada (ou o seu próprio, que Deus a tenha)????
Vovó Escroto está aqui para ajudar. Clique aqui e deixe Granma’ Scrotum dar suas dicas púbere-geográficas.

Não consegue encontrar o clitóris da sua namorada (ou o seu próprio, que Deus a tenha)????
Vovó Escroto está aqui para ajudar. Clique aqui e deixe Granma’ Scrotum dar suas dicas púbere-geográficas.

Pílula do Orgasmo

Um grupo de respeitados químicos ingleses está tentando criar uma pílula que proporcione orgasmos instantâneos sem estimulação sexual, baseados em pesquisas realizadas por holandeses que descobriram evidências de que o orgasmo é estranhamente parecido com um “jorro” de heroína.
A pílula deve ficar pronta somente dentro de dez anos.

Um grupo de respeitados químicos ingleses está tentando criar uma pílula que proporcione orgasmos instantâneos sem estimulação sexual, baseados em pesquisas realizadas por holandeses que descobriram evidências de que o orgasmo é estranhamente parecido com um “jorro” de heroína.
A pílula deve ficar pronta somente dentro de dez anos.

Bordel em Knightsbridge

Da coluna semanal de Mark Moore, DJ e líder do seminal S’Express, um dos primeiros projetos de acid house, no final dos anos 80:

“As pessoas às vezes me perguntam se eu me distraio quando toco como DJ em clubes fetichistas, quando alguém é espancado na minha frente. Devo dizer que isso não me incomoda, possivelmente porque, na minha juventude, eu costumava ir a um bordel de classe alta em Knightsbridge (onde uma amiga minha trabalhava como a camareira de uma prostituta).

Nós costumávamos observar executivos colocarem máscaras de couro, terem eletrodos amarrados aos seus testículos e pregos cravados em seus pênis, através de um espeçho de dupla face, gargalhando histericamente. Uma vez a madame do bordel tinha que mijar em um cliente, mas não conseguia soltar nenhuma gota, então me ofereci como voluntário para mijar naquele sujeito amarrado e vendado, tentando desesperadamente não rir. O que mais se pode fazer para ser divertir quando se é jovem e entediado?

Fico estupefato em ver como a cena fetichista deixou de ser algo típico da classe média suburbana para se tornar uma coisa fashion com apelo para todas as idades. O primeiro clube fetichista que eu fui foi o Skin Two e ele ficava, aliás, exatamente no mesmo lugar onde hoje acontece a Nag Nag Nag. O que eu particularmente achei hilário foi que as donas-de-casa, vestidas com roupas de borracha, se cansavam logo de ouvir Velvet Underground e começavam a pedir Abba e Dolly Parton.

Infelizmente, os tempos divertidos no bordel de Knightsbridge tiveram um fim abrupto quando a madame assassinou seu amante. mas essa é outra história, triste e perversa.”

Mark Moore

Em tempo: a Nag Nag Nag é a principal festa de electro londrina e o clube Skin Two era a versão física da revista de mesmo nome, que existe até hoje (e para onde escreveram artigos figuras como Grant Morrison, entre outras). Vejam aqui o site da Skin Two.

Da coluna semanal de Mark Moore, DJ e líder do seminal S’Express, um dos primeiros projetos de acid house, no final dos anos 80:

“As pessoas às vezes me perguntam se eu me distraio quando toco como DJ em clubes fetichistas, quando alguém é espancado na minha frente. Devo dizer que isso não me incomoda, possivelmente porque, na minha juventude, eu costumava ir a um bordel de classe alta em Knightsbridge (onde uma amiga minha trabalhava como a camareira de uma prostituta).

Nós costumávamos observar executivos colocarem máscaras de couro, terem eletrodos amarrados aos seus testículos e pregos cravados em seus pênis, através de um espeçho de dupla face, gargalhando histericamente. Uma vez a madame do bordel tinha que mijar em um cliente, mas não conseguia soltar nenhuma gota, então me ofereci como voluntário para mijar naquele sujeito amarrado e vendado, tentando desesperadamente não rir. O que mais se pode fazer para ser divertir quando se é jovem e entediado?

Fico estupefato em ver como a cena fetichista deixou de ser algo típico da classe média suburbana para se tornar uma coisa fashion com apelo para todas as idades. O primeiro clube fetichista que eu fui foi o Skin Two e ele ficava, aliás, exatamente no mesmo lugar onde hoje acontece a Nag Nag Nag. O que eu particularmente achei hilário foi que as donas-de-casa, vestidas com roupas de borracha, se cansavam logo de ouvir Velvet Underground e começavam a pedir Abba e Dolly Parton.

Infelizmente, os tempos divertidos no bordel de Knightsbridge tiveram um fim abrupto quando a madame assassinou seu amante. mas essa é outra história, triste e perversa.”

Mark Moore

Em tempo: a Nag Nag Nag é a principal festa de electro londrina e o clube Skin Two era a versão física da revista de mesmo nome, que existe até hoje (e para onde escreveram artigos figuras como Grant Morrison, entre outras). Vejam aqui o site da Skin Two.